Sincerely Ronnie turns 2!

2.1.18 Veronica 0 Comments

Hoje, dia 2 de Janeiro de 2018, o blog completa 2 aninhos. Já tem mais tempo que eu tô nessa Blogosfera... Não tô nem contando os blogs de raiz que eu tinha lááá em 2005, na época do Blogspot, Flogão e Fotolog. Nem meus 3875 blogs diferentes no Tumblr, haha! Mas em 2013 eu resolvi voltar a blogar de vez e não parei desde então. 

Comecei com o Movie Bums, um blog com reviews e dicas de filmes e séries, mas depois quis escrever sobre outras coisas também e foi então que criei o The More that You Learn. Foi com o TMTYL que conheci vários blogs e blogueiras lindas e fiz um monte de projetos, de fotográficos a literários, que renderam centenas de posts e me fizeram me apaixonar mais ainda por esse mundo dos blogs. Era um vício - não só criar conteúdo a todo momento (sempre tirando fotos pra um post mais tarde ou pensando em novos projetos e temas pra abordar no blog), mas também consumir conteúdo de vários blogs. Aí, quando o TMTYL já não tava mais com a minha cara, tanto no layout como em alguns posts mais antigos que já não tinham tanto a ver comigo, resolvi criar o Sincerely, Ronnie.

E olha, dói ter que admitir, mas eu tinha grandes planos pra esse blog. Na verdade, eu tinha grandes planos pra 2016, que foi quando criei o blog (e um dos motivos d'eu ter criado era justamente porque minha vida ia mudar espetacularmente e eu eu achei justo dar uma nova cara ao blog, pra combinar com a nova fase). Mas aí foi tudo por água abaixo... Eu ia me formar em Julho e vir pra Austrália pra fazer mais um intercâmbio, um curso técnico. Mas aí o último semestre da faculdade, mesmo com duas matérias, foi o caos e ao invés de ler outros blogs e escrever no meu, eu tive que meter a cara nos livros e escrever minha monografia. Foi ótimo, super recomendo. Só que não. Pra completar, meu tal curso técnico aqui na Austrália foi cancelado - um acontecido sem precedentes na história das agências de intercâmbio. Just my luck. E aí foram mais seis meses de espera pra vir pra Austrália e os seis meses mais longos da minha vida, em que eu tinha zero motivação pra qualquer coisa e ao mesmo tempo tentava me manter ocupada ou arrumar um emprego, só contando os dias pro ano acabar. No fim, arrumei o que fazer: fiz um curso de fotografia de 2 meses, viajei pro Colorado e foi uma loucura pra correr atrás de visto e documento e passagem e mala e...... Não vou dizer que 2016 foi de todo horrível, mas não foi nenhum mar de rosas. Fiquei feliz quando acabou.

E aí veio 2017, a vida nova que eu tanto esperava e uma correria sem fim. E, de novo, o blog ficou abandonado. Com tanta coisa pra escrever aqui, tanta novidade pra contar, lugar pra mostrar... eu escrevi 5 posts o ano todo, hahaharindopranãochorarhahaha! Mas eu senti falta. De verdade. E aquele vício de produzir conteúdo não saiu de mim. Eu continuei aqui, tirando foto, anotando ideias. Até novos projetos eu bolei! Agora vamos ver quando que vai dar tempo pra botar em prática. Eu preciso de mais horas no meu dia, haha! 

Francamente, acho que se ainda tem meia dúzia de pessoas lendo esse blog, é muito, haha! Mas pra mim tá bom. Ter um blog de sucesso, milhões de seguidores e ganhar dinheiro com isso nunca foi minha intenção. Sempre foi sobre compartilharE é por isso que eu não vou deletar ou criar outro. Mas também não vou me cobrar tanto em 2018. Afinal de contas, o blog é pra compartilhar um pouquinho da minha vida, mas aí que tá: a vida a gente tem que viver. Quando dá, a gente registra, tira foto, faz vídeo. E quando dá, a gente vem cá e edita foto, escreve post, desabafa, publica e mata a saudade de escrever. Mas primeiro a gente vive, depois a gente conta a história.

Eu queria que esse fosse um post tradicional de aniversário de blog, daqueles que ressaltam todas as conquistas, projetos e posts mais lidos. Mas ao invés disso é um monte de explicações de porquê eu sumi e não consegui manter meu blog atualizado no último, sei lá, um ano e meio. Mas eu não mudaria nada não. Tudo em seu tempo

"Tá, mas e pra 2018? Não vai ter nada aqui de novo?". Vai! Again, não posso prometer frequência, mas esse ano, com o ritmo mais estabelecido aqui na Austrália, eu ACHO que vou conseguir atualizar o blog mais vezes. Eu espero compartilhar tudo que não consegui no ano passado e muito mais, porque esse ano vem com novas aventuras e novos desafios. Hell, espero que eu consiga finalmente criar o bendito canal no YouTube que eu tô querendo criar há tanto tempo! Deseje-me sorte. 

Por último, eu queria agradecer a você que tá aqui lendo esse post. Nem todo mundo sabe que tenho um blog, até porque não divulgo nada. Mas são as poucas pessoas que aparecem por aqui me inspiram a continuar com esse espaço. Seja uma amiga que sempre me pergunta quando vou voltar com um blog, alguém da família que esteja aqui tentando acompanhar um pouco da minha rotina ou alguns desconhecidos bacanas que normalmente têm gosto parecido com o meu, haha! E mesmo esse blog sendo um jeito que encontrei pra registrar minha vida e meus hobbies, se eu não tivesse o desejo de compartilhar, ficaria tudo nos meus journals. Então obrigada, de verdade. A gente se fala em breve!

Um beijo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Bloglovin'

0 comentários:

What do you have to say about this post? :)

2018: Happy New Year!

1.1.18 Veronica 0 Comments

O ano novo começou muito bem por aqui! Essa foi uma das melhores vésperas de ano novo de todos os tempos. Não teve nada demais; não fui pra balada, não passei com uma penca de amigos, não bebi até cair, não teve ceia, sete ondinhas, não teve nem queima de fogos. Mas foi simples e o melhor de tudo: sem preocupações.

E eu parei pra refletir porque achei engraçado passar um Réveillon tão incomum, mas que isso não me incomodou nem um pouco, sabe? Aí que percebi. Eu sempre passei o ano novo com a família, em festas com os amigos ou viajando. E sempre rola algum stress - é escolher uma roupa nova, é dar tempo de fazer as unhas e a maquiagem e o cabelo, é ter que cozinhar a ceia pra agradar a família, um inferno pra conseguir um Uber, etc. Esse ano não teve nada disso! E olha... não poderia ter sido melhor.
Perdi o alarme. Acordei tarde, então não deu pra fazer compras pro jantar porque a Kiaya e o Dylan foram passar o ano novo com a família dela, então levaram o carro e ficamos aqui, só eu e o Alex (e três gatos, um cachorro e uma calopsita, haha!). Daí levantei, tomei café, limpei a cozinha toda, varri a casa, guardei as decorações de Natal... Afinal, tem que começar o ano com tudo limpinho, né? Mas aí um calor danado! Suor. Fomos pra piscina! Nadamos, refrescamos... Chuva. Nadamos mais um pouco (na chuva mesmo), voltamos pra casa, arrumei mais um pouquinho. Banho. Lavei o cabelo, o corpo, as energias ruins. Fizemos pavlova! Hmmm.. Pavlova. Mas e o jantar?! Sobrou gema... Tinha macarrão, bacon, parmesão... Carbonara! No final das contas ainda deu pra improvisar minha comida preferida. À essa altura e eu nem tinha secado o cabelo, não tinha feito maquiagem, ainda tava de roupão. E daí? Ninguém vinha mesmo, não tinha pressa. Sequei o cabelo, coloquei qualquer roupa, jantamos. Coloquei um filme que já vi, pra não ter que prestar muita atenção. Fizemos uns drinks, bebemos, comemos pavlova. Tiramos fotos bobas e jogamos videogame até altas horas. Liguei pra minha família no Brasil, meus avós, minha mãe, meu pai e minhas irmãs pra desejar feliz ano novo. Consegui falar com uma amiga que tava lá em Paris, se arrumando pra sair! E fui dormir lá pelas 4 da manhã. Feliz.

E agora eu só quero que meu 2018 todinho seja assim: de muita paz, sem preocupações, com o essencial, com energias boas, diversão e com tudo dando certo no fim, mesmo que de improviso.
Espero que a virada também tenha sido ótima por aí! Um feliz 2018 pra você, com muita saúde, amor, sucesso, paz e muita garra pra correr atrás dos seus sonhos!

Um beijo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Bloglovin'

0 comentários:

What do you have to say about this post? :)