10 Things I'm so, so grateful for in 2017

23.11.17 Sincerely Ronnie 0 Comments

Vamos pular a parte chata de que em pleno Novembro esse é apenas o quarto post do blog em 2017 porque eu o abandonei completamente. Eu estava sem tempo? Até estava. Mas não, não completamente. Confesso que blogar não foi prioridade pra mim esse ano. Por mais que eu quisesse compartilhar tudo com amigos, família, leitores... eu tive muita coisa acontecendo (muita mesmo) e acabei deixando o blog de lado e atualizando o pessoal pelo stories, WhatsApp e Messenger. Mas eu voltei. Voltei pra escrever um post especial nesse Thanksgiving :)

O post de hoje é pra agradecer. Sim, vai ser um post meio cheesy, mas a vida tem sido boa comigo e eu sou muito grata. Nesse mundo louco de hoje, minha vida não é perfeita, mas é maravilhosa: eu não vivo em meio à guerra, eu tenho comida e água, eu tenho uma cama pra dormir, vários lugares pra chamar de lar, pessoas que eu amo e que me amam de volta... Pode parecer muito simples pra você que tá aí lendo esse post no conforto da sua casa, no seu computador ou celular na mão. But don't take it for granted. Mas é claro, eu tenho muito mais a agradecer, principalmente esse ano.

1. Na minha família eu sempre cresci ouvindo que "saúde é o mais importante, o resto a gente dá jeito" e é bem isso mesmo. Se fico doente uma ou duas vezes no ano é muito, então sou muito agradecida por estar bem de saúde, física e mentalmente. 

2. Esse ano tenho que agradecer porque meu sonho de voltar pra Austrália (esse país incrível, de gente maravilhosa e que eu tenho a sorte de chamar de lar) finalmente se realizou.

3. Também sou muito grata pelas oportunidades que tive esse ano, dentre elas, estudar fora mais uma vez! É uma experiência tão enriquecedora que até faltam palavras pra descrever.

4. Em 2017 eu finalmente pude começar a estudar o que realmente gosto: Marketing. Foi um alívio imenso finalmente sentir que estou no caminho certo e que é isso mesmo que eu quero fazer.

5. Esse também foi (tem sido ainda) um ano de muito aprendizado. Não só relacionado à minha pós-graduação, mas da vida mesmo. Não é fácil, mas é ótimo aprender a se virar sozinha.

6. Também tenho que agradecer os perrengues, não é mesmo? Afinal, foram eles que me ajudaram a amadurecer e me tornar quem sou. É bom ter uns perrengues pra aprender a dar valor ao que realmente importa.

7. Muito grata pelo meu lar. O lugar em que eu moro em Brisbane não é apenas bem localizado e tranquilo, mas é bom demais morar com meu namorado e um casal de amigos nosso, mais três gatos, um cachorro e um passarinho, haha! Poder fazer o que a gente quer, quando quer e ser realmente feliz em casa, no dramas.

8. Claro que nessa lista não podem faltar meus amigos. Gratidão enorme de ter tantas pessoas lindas na minha vida, de manter contato com amigas de uns 15 anos e de ter a certeza de que esses laços são pra sempre, independente do que aconteça e independente da distância. Também sou muito feliz de ter feito novos amigos e de ter aqui na Austrália pessoas que posso chamar de família.

9. E por falar em família... Tenho a sorte de ter uma família tão maravilhosa quando a minha. Me dou bem com todo mundo e, por mais que não seja tão próxima de alguns parentes, sei que posso contar sempre com eles. E minha razão número um pra agradecer: minha mãe. A definição de amor incondicional. Mas eu não preciso escrever aqui, porque ela sabe. 

10. Por fim, sou grata pelo meu namorado, Alex, por estar sempre ao meu lado, por me apoiar tanto, por fazer eu me sentir linda e amada, por me ensinar tanta coisa, por me fazer rir todo santo dia, por cozinhar pratos deliciosos... por tudo. Esse ano não seria o mesmo sem ele e eu o amo demais da conta. E ele não vai ler isso porque ele nem fala português, haha!

Eu poderia escrever uma lista enorme, mas por hora, essa basta. 

Qualquer hora eu volto! Não vou demorar, juro. Conteúdo é o que não falta pra atualizar esse blog agora. Tem um monte de fotos pra compartilhar, um monte de lugares pra mostrar e coisas pra contar. Também tô arriscando uns vlogs e vídeos, mas ainda pelejando um pouco com edição (e tempo)... mas vamos ver no que dá.

Um beijo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Twitter * Bloglovin'

0 comentários:

What do you have to say about this post? :)