Hoje, dia 2 de Janeiro de 2018, o blog completa 2 aninhos. Já tem mais tempo que eu tô nessa Blogosfera... Não tô nem contando os blogs de raiz que eu tinha lááá em 2005, na época do Blogspot, Flogão e Fotolog. Nem meus 3875 blogs diferentes no Tumblr, haha! Mas em 2013 eu resolvi voltar a blogar de vez e não parei desde então. 

Comecei com o Movie Bums, um blog com reviews e dicas de filmes e séries, mas depois quis escrever sobre outras coisas também e foi então que criei o The More that You Learn. Foi com o TMTYL que conheci vários blogs e blogueiras lindas e fiz um monte de projetos, de fotográficos a literários, que renderam centenas de posts e me fizeram me apaixonar mais ainda por esse mundo dos blogs. Era um vício - não só criar conteúdo a todo momento (sempre tirando fotos pra um post mais tarde ou pensando em novos projetos e temas pra abordar no blog), mas também consumir conteúdo de vários blogs. Aí, quando o TMTYL já não tava mais com a minha cara, tanto no layout como em alguns posts mais antigos que já não tinham tanto a ver comigo, resolvi criar o Sincerely, Ronnie.

E olha, dói ter que admitir, mas eu tinha grandes planos pra esse blog. Na verdade, eu tinha grandes planos pra 2016, que foi quando criei o blog (e um dos motivos d'eu ter criado era justamente porque minha vida ia mudar espetacularmente e eu eu achei justo dar uma nova cara ao blog, pra combinar com a nova fase). Mas aí foi tudo por água abaixo... Eu ia me formar em Julho e vir pra Austrália pra fazer mais um intercâmbio, um curso técnico. Mas aí o último semestre da faculdade, mesmo com duas matérias, foi o caos e ao invés de ler outros blogs e escrever no meu, eu tive que meter a cara nos livros e escrever minha monografia. Foi ótimo, super recomendo. Só que não. Pra completar, meu tal curso técnico aqui na Austrália foi cancelado - um acontecido sem precedentes na história das agências de intercâmbio. Just my luck. E aí foram mais seis meses de espera pra vir pra Austrália e os seis meses mais longos da minha vida, em que eu tinha zero motivação pra qualquer coisa e ao mesmo tempo tentava me manter ocupada ou arrumar um emprego, só contando os dias pro ano acabar. No fim, arrumei o que fazer: fiz um curso de fotografia de 2 meses, viajei pro Colorado e foi uma loucura pra correr atrás de visto e documento e passagem e mala e...... Não vou dizer que 2016 foi de todo horrível, mas não foi nenhum mar de rosas. Fiquei feliz quando acabou.

E aí veio 2017, a vida nova que eu tanto esperava e uma correria sem fim. E, de novo, o blog ficou abandonado. Com tanta coisa pra escrever aqui, tanta novidade pra contar, lugar pra mostrar... eu escrevi 5 posts o ano todo, hahaharindopranãochorarhahaha! Mas eu senti falta. De verdade. E aquele vício de produzir conteúdo não saiu de mim. Eu continuei aqui, tirando foto, anotando ideias. Até novos projetos eu bolei! Agora vamos ver quando que vai dar tempo pra botar em prática. Eu preciso de mais horas no meu dia, haha! 

Francamente, acho que se ainda tem meia dúzia de pessoas lendo esse blog, é muito, haha! Mas pra mim tá bom. Ter um blog de sucesso, milhões de seguidores e ganhar dinheiro com isso nunca foi minha intenção. Sempre foi sobre compartilharE é por isso que eu não vou deletar ou criar outro. Mas também não vou me cobrar tanto em 2018. Afinal de contas, o blog é pra compartilhar um pouquinho da minha vida, mas aí que tá: a vida a gente tem que viver. Quando dá, a gente registra, tira foto, faz vídeo. E quando dá, a gente vem cá e edita foto, escreve post, desabafa, publica e mata a saudade de escrever. Mas primeiro a gente vive, depois a gente conta a história.

Eu queria que esse fosse um post tradicional de aniversário de blog, daqueles que ressaltam todas as conquistas, projetos e posts mais lidos. Mas ao invés disso é um monte de explicações de porquê eu sumi e não consegui manter meu blog atualizado no último, sei lá, um ano e meio. Mas eu não mudaria nada não. Tudo em seu tempo

"Tá, mas e pra 2018? Não vai ter nada aqui de novo?". Vai! Again, não posso prometer frequência, mas esse ano, com o ritmo mais estabelecido aqui na Austrália, eu ACHO que vou conseguir atualizar o blog mais vezes. Eu espero compartilhar tudo que não consegui no ano passado e muito mais, porque esse ano vem com novas aventuras e novos desafios. Hell, espero que eu consiga finalmente criar o bendito canal no YouTube que eu tô querendo criar há tanto tempo! Deseje-me sorte. 

Por último, eu queria agradecer a você que tá aqui lendo esse post. Nem todo mundo sabe que tenho um blog, até porque não divulgo nada. Mas são as poucas pessoas que aparecem por aqui me inspiram a continuar com esse espaço. Seja uma amiga que sempre me pergunta quando vou voltar com um blog, alguém da família que esteja aqui tentando acompanhar um pouco da minha rotina ou alguns desconhecidos bacanas que normalmente têm gosto parecido com o meu, haha! E mesmo esse blog sendo um jeito que encontrei pra registrar minha vida e meus hobbies, se eu não tivesse o desejo de compartilhar, ficaria tudo nos meus journals. Então obrigada, de verdade. A gente se fala em breve!

Um beijo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Bloglovin'

O ano novo começou muito bem por aqui! Essa foi uma das melhores vésperas de ano novo de todos os tempos. Não teve nada demais; não fui pra balada, não passei com uma penca de amigos, não bebi até cair, não teve ceia, sete ondinhas, não teve nem queima de fogos. Mas foi simples e o melhor de tudo: sem preocupações.

E eu parei pra refletir porque achei engraçado passar um Réveillon tão incomum, mas que isso não me incomodou nem um pouco, sabe? Aí que percebi. Eu sempre passei o ano novo com a família, em festas com os amigos ou viajando. E sempre rola algum stress - é escolher uma roupa nova, é dar tempo de fazer as unhas e a maquiagem e o cabelo, é ter que cozinhar a ceia pra agradar a família, um inferno pra conseguir um Uber, etc. Esse ano não teve nada disso! E olha... não poderia ter sido melhor.
Perdi o alarme. Acordei tarde, então não deu pra fazer compras pro jantar porque a Kiaya e o Dylan foram passar o ano novo com a família dela, então levaram o carro e ficamos aqui, só eu e o Alex (e três gatos, um cachorro e uma calopsita, haha!). Daí levantei, tomei café, limpei a cozinha toda, varri a casa, guardei as decorações de Natal... Afinal, tem que começar o ano com tudo limpinho, né? Mas aí um calor danado! Suor. Fomos pra piscina! Nadamos, refrescamos... Chuva. Nadamos mais um pouco (na chuva mesmo), voltamos pra casa, arrumei mais um pouquinho. Banho. Lavei o cabelo, o corpo, as energias ruins. Fizemos pavlova! Hmmm.. Pavlova. Mas e o jantar?! Sobrou gema... Tinha macarrão, bacon, parmesão... Carbonara! No final das contas ainda deu pra improvisar minha comida preferida. À essa altura e eu nem tinha secado o cabelo, não tinha feito maquiagem, ainda tava de roupão. E daí? Ninguém vinha mesmo, não tinha pressa. Sequei o cabelo, coloquei qualquer roupa, jantamos. Coloquei um filme que já vi, pra não ter que prestar muita atenção. Fizemos uns drinks, bebemos, comemos pavlova. Tiramos fotos bobas e jogamos videogame até altas horas. Liguei pra minha família no Brasil, meus avós, minha mãe, meu pai e minhas irmãs pra desejar feliz ano novo. Consegui falar com uma amiga que tava lá em Paris, se arrumando pra sair! E fui dormir lá pelas 4 da manhã. Feliz.

E agora eu só quero que meu 2018 todinho seja assim: de muita paz, sem preocupações, com o essencial, com energias boas, diversão e com tudo dando certo no fim, mesmo que de improviso.
Espero que a virada também tenha sido ótima por aí! Um feliz 2018 pra você, com muita saúde, amor, sucesso, paz e muita garra pra correr atrás dos seus sonhos!

Um beijo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Bloglovin'

Vamos pular a parte chata de que em pleno Novembro esse é apenas o quarto post do blog em 2017 porque eu o abandonei completamente. Eu estava sem tempo? Até estava. Mas não, não completamente. Confesso que blogar não foi prioridade pra mim esse ano. Por mais que eu quisesse compartilhar tudo com amigos, família, leitores... eu tive muita coisa acontecendo (muita mesmo) e acabei deixando o blog de lado e atualizando o pessoal pelo stories, WhatsApp e Messenger. Mas eu voltei. Voltei pra escrever um post especial nesse Thanksgiving :)

O post de hoje é pra agradecer. Sim, vai ser um post meio cheesy, mas a vida tem sido boa comigo e eu sou muito grata. Nesse mundo louco de hoje, minha vida não é perfeita, mas é maravilhosa: eu não vivo em meio à guerra, eu tenho comida e água, eu tenho uma cama pra dormir, vários lugares pra chamar de lar, pessoas que eu amo e que me amam de volta... Pode parecer muito simples pra você que tá aí lendo esse post no conforto da sua casa, no seu computador ou celular na mão. But don't take it for granted. Mas é claro, eu tenho muito mais a agradecer, principalmente esse ano.

1. Na minha família eu sempre cresci ouvindo que "saúde é o mais importante, o resto a gente dá jeito" e é bem isso mesmo. Se fico doente uma ou duas vezes no ano é muito, então sou muito agradecida por estar bem de saúde, física e mentalmente. 

2. Esse ano tenho que agradecer porque meu sonho de voltar pra Austrália (esse país incrível, de gente maravilhosa e que eu tenho a sorte de chamar de lar) finalmente se realizou.

3. Também sou muito grata pelas oportunidades que tive esse ano, dentre elas, estudar fora mais uma vez! É uma experiência tão enriquecedora que até faltam palavras pra descrever.

4. Em 2017 eu finalmente pude começar a estudar o que realmente gosto: Marketing. Foi um alívio imenso finalmente sentir que estou no caminho certo e que é isso mesmo que eu quero fazer.

5. Esse também foi (tem sido ainda) um ano de muito aprendizado. Não só relacionado à minha pós-graduação, mas da vida mesmo. Não é fácil, mas é ótimo aprender a se virar sozinha.

6. Também tenho que agradecer os perrengues, não é mesmo? Afinal, foram eles que me ajudaram a amadurecer e me tornar quem sou. É bom ter uns perrengues pra aprender a dar valor ao que realmente importa.

7. Muito grata pelo meu lar. O lugar em que eu moro em Brisbane não é apenas bem localizado e tranquilo, mas é bom demais morar com meu namorado e um casal de amigos nosso, mais três gatos, um cachorro e um passarinho, haha! Poder fazer o que a gente quer, quando quer e ser realmente feliz em casa, no dramas.

8. Claro que nessa lista não podem faltar meus amigos. Gratidão enorme de ter tantas pessoas lindas na minha vida, de manter contato com amigas de uns 15 anos e de ter a certeza de que esses laços são pra sempre, independente do que aconteça e independente da distância. Também sou muito feliz de ter feito novos amigos e de ter aqui na Austrália pessoas que posso chamar de família.

9. E por falar em família... Tenho a sorte de ter uma família tão maravilhosa quando a minha. Me dou bem com todo mundo e, por mais que não seja tão próxima de alguns parentes, sei que posso contar sempre com eles. E minha razão número um pra agradecer: minha mãe. A definição de amor incondicional. Mas eu não preciso escrever aqui, porque ela sabe. 

10. Por fim, sou grata pelo meu namorado, Alex, por estar sempre ao meu lado, por me apoiar tanto, por fazer eu me sentir linda e amada, por me ensinar tanta coisa, por me fazer rir todo santo dia, por cozinhar pratos deliciosos... por tudo. Esse ano não seria o mesmo sem ele e eu o amo demais da conta. E ele não vai ler isso porque ele nem fala português, haha!

Eu poderia escrever uma lista enorme, mas por hora, essa basta. 

Qualquer hora eu volto! Não vou demorar, juro. Conteúdo é o que não falta pra atualizar esse blog agora. Tem um monte de fotos pra compartilhar, um monte de lugares pra mostrar e coisas pra contar. Também tô arriscando uns vlogs e vídeos, mas ainda pelejando um pouco com edição (e tempo)... mas vamos ver no que dá.

Um beijo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Twitter * Bloglovin'

Eu não sei nem por onde começar esse post... Outros três meses sem atualizar o blog passaram assim, voando. Tanta coisa acontecendo, tantas mudanças em tão pouco tempo. Confesso que não tá sendo fácil, mas tô amando essas mudanças. Tô amando simplesmente estar aqui, depois de tanto tempo planejando. Tentando aproveitar quando dá, mas a verdade é que só tô tendo tempo agora nas férias. O resto do tempo eu tenho que me virar, sozinha. Ontem eu tava aqui, finalmente sem "nada" pra fazer e me deu a maior saudade de escrever pro blog. Chega a ser estranho tá escrevendo em português, hahaha.

Eu sabia que a Austrália não ia me decepcionar: em pouco mais de quatro meses aqui em Brisbane, já tem um monte de história pra contar. Já fiz coisa que nunca tinha feito antes. Já amadureci um bocado. Morar sozinha não é mole, não. Arrumei um quarto pra mim numa casa onde moram outras duas asiáticas. Me mudei em abril. Agora tenho que limpar, cozinhar, lavar louça, fazer compras de supermercado, lavar roupa, secar, passar, trocar a roupa de cama... Se eu tivesse por conta, tava fácil. O difícil é conciliar com a faculdade, procurar trabalho e tentar ter uma vida social, haha! Falar nisso...

Já terminei meu primeiro semestre da pós-graduação em Marketing. Impressionante como a faculdade é diferente aqui. Outra vibe, tanto dos professores, quanto dos alunos. Acho que isso merece um post separado. Enfim. Uma correria louca em abril e outra agora em junho pra terminar todos os trabalhos a tempo. Mas deu tudo certo. Emprego ainda não apareceu... Não que eu esteja esperando cair do céu, mas não encontrei ninguém contratando pessoas sem experiência. E, bem, eu não tenho experiência como vendedora ou garçonete. Mas continuo procurando!

Por incrível que pareça, foi mais fácil encontrar um namorado, hahaha! É engraçado como essas coisas acontecem quando a gente menos espera. Logo um mês depois que cheguei aqui conheci o Alex (sim, ele é australiano) e agora já tem três meses que estamos namorando! Fazia tempo que eu não era tão feliz, viu? Tenho certeza que as coisas seriam bem diferentes (e mais difíceis) se eu não o tivesse no meu dia a dia. Eu com certeza não teria ido pra New South Wales de moto, por exemplo, haha!

No mais, ainda não viajei muito ou fiz vários programas turísticos. Primeiro porque eu já conhecia um pouco de Brisbane; depois porque o Alex e eu somos muito caseiros. Então eu fico feliz de comer em casa (até porque ele cozinha muito bem, hehe) e assistir filmes, uma penca de séries e experimentar coisas novas, tipo anime e curtas animados. Também ando jogando mais do que nunca: voltei a jogar Tomb Raider (que era um dos meus jogos preferidos), comecei a jogar Fallout 4 e fiquei viciada em Starbound por um bom tempo! Agora o Alex tá tentando me convencer a jogar Dungeons & Dragons. Super nerd.

Enfim. Tô meio decepcionada comigo mesmo de ainda não ter feito alguns passeios. Mais ainda de não estar tirando tantas fotos como eu gostaria - meu Instagram ainda não foi atualizado esse ano, acredita? Mas pelo menos eu posto no stories com alguma frequência. De qualquer forma, pretendo aproveitar essa folga pra explorar mais a cidade, tirar muitas fotos, atualizar o blog, o Instagram, voltar com alguns projetos... quem sabe arriscar uns vlogs? Veremos.

Espero que esteja tudo joia por aí também. Volto em breve pra contar mais sobre a vida na Austrália, as novidades, falar sobre hobbies e trocar umas ideias :)

Beijos!





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Twitter * Bloglovin'


Eu sou a rainha das listas e de arrumar novos projetos mesmo sem ter tempo pra realizar todos eles. Então óbvio que eu não conseguiria resistir a um projeto como o 101 em 1001. Eu já vi esse projeto centenas de vezes pela internet, mas eu sempre achava que não seria capaz de listar 101 coisas pra fazer em 1001 dias. Eu me subestimei. Foi só começar a lista que não conseguia mais parar, hahah!

Bom, o projeto é isso aí. 101 coisas pra fazer em aproximadamente 2 anos e 9 meses. É um tempo considerável, mas também não é um tempãaao assim. Então, começando hoje, dia 03 de março de 2017, tenho até o dia 29 de novembro de 2019 pra completar o desafio. Tentei listar coisas simples, que consigo fazer no dia a dia, mas também algumas coisas diferentes e mais difíceis de realizar - pra não ficar sem graça, haha! 

Ah! Também (acho que) não repeti nenhum dos itens do 30 Before 30, outro projeto em andamento por aqui. Tentei separar em algumas categorias pra facilitar. Então lá vai!

101 em 1001

PERSONAL
1. Pensar menos e fazer mais.
2. Parar de procrastinar com coisas importantes.
3. Me sentir bem com meu corpo.
4. Deixar meu cabelo crescer bastante e cortar ele bem curtinho.
5. Fazer algo especial pra comemorar meu aniversário de 25 anos.
6. Escrever cartas para a Verônica do futuro.
7. Saber mais sobre o passado da minha família.
8. Não reclamar de nada por uma semana.
9. Acordar todo dia às 6h da manhã por duas semanas seguidas.
10. Ficar um mês sem comprar nada que não seja necessário.
11. Fazer algo totalmente fora da minha zona de conforto.
12. Comprar e usar um planner.
13. Criar um sistema para organizar todas os meus arquivos do Bloco de Notas.
14. Fazer um detox digital todo ano.
15. Me “desligar” por 48h (nada de internet, telefone, televisão, etc.).
16. Limpar minha caixa de entrada e parar de assinar listas de e-mails.
17. Fazer a limpa nas redes sociais e só receber notificações de quem interessa.
18. Arrumar meu guarda-roupa e doar as roupas que não servem ou que eu não uso.
19. Completar uma pulseira da Pandora.
20. Comprar arte.

PROJECTS
21. Completar um projeto fotográfico de 52 semanas. 
22. Fazer o “A Day in the Life”.
23. Revelar mais fotos e montar um álbum. 
24. Assistir um filme por semana durante um ano.
25. Fazer o “52 Week Money Challenge” de novo.

BLOGGING
26. Postar no blog com mais frequência.
27. Mudar o layout do blog.
28. Começar um canal no YouTube.
29. Participar do VEDA ou do Vlogmas. 
30. Ter 1001 inscritos no canal do YouTube.
31. Desvirtualizar/ conhecer pessoalmente pelo menos 5 amigas da internet.

PROFESSIONAL
32. Conseguir um emprego na Austrália.
33. Terminar um curso de pós-graduação na Austrália. 
34. Tirar um certificado de Cambridge mais avançado.

TRAVEL
35. Visitar um novo país.
36. Conhecer 10 novas cidades.
37. Conhecer a Grande Barreira de Corais.
38. Conhecer Byron Bay.
39. Visitar 5 praias australianas.
40. Ver a aurora australis.
41. Ver o sol nascer no Mount Coot-tha.
42. Conhecer 25 novos restaurantes em Brisbane.
43. Passar o Réveillon em Sydney.
44. Estar em dois lugares ao mesmo tempo.
45. Fazer uma road trip com amigos.
46. Acampar.

HOBBIES
47. Assistir 10 filmes estrangeiros.
48. Assistir 10 documentários.
49. Assistir 50 filmes clássicos.
50. Assistir 101 episódios de séries. 
51. Assistir todos os episódios de Friends outra vez.
52. Fazer pelo menos uma maratona no cinema todo ano.
53. Ler 3 biografias.
54. Ler 5 livros clássicos. 
55. Ler um livro em um dia.
56. Ler todos os livros da minha estante.
57. Participar de uma maratona literária.
58. Pedir indicações de livros para 10 amigos e ler todos eles.
59. Fazer um cupcake perfeito.
60. Fazer um caderno de receitas com pratos que já fiz.
61. Completar um journal inteiro.
62.Usar fotos que eu tirei na decoração.

JUST FOR FUN
63. Snorkeling.
64. Ver baleias (whale-watching).
65. Praticar stand up paddle.
66. Passeio de balão de ar quente.
67. Receber uma massagem profissional.
68. Enviar 27 cartas.
69. Fazer um piquenique.
70. Ir num parque temático.
71. Ir num show na Austrália.
72. Assistir a um musical ao vivo.
73. Assistir a um filme num drive-in.
74. Fazer uma playlist com 101 das minhas músicas preferidas.
75. Ver quantos marshmallows cabem na minha boca (HAHAHA).
76. Experimentar um novo esporte.
77. Fazer um inspirational board.
78. Ter 50 Funkos na minha coleção. 
79. Manter uma assinatura por pelo menos 6 meses.
80. Escrever contos de ficção.
81. Listar 101 coisas legais/ inusitadas que eu já fiz (sem incluir nada dessa lista).
82. Listar 101 coisas que me fazem feliz.

LEARNING
83. Fazer outro curso. 
84. Aprender a andar de bicicleta.
85. Aprender sobre finanças pessoais.
86. Bordar um quadrinho.
87. Aprender a editar vídeos.
88. Aprender caligrafia e/ ou lettering.
89. Fazer uma aula de autodefesa.
90. Aprender a fazer drinks.
91. Aprender a jogar pôquer e truco.

GIVING
92. Doar sangue.
93. Ajudar um estranho.
94. Ajudar um amigo.
95. Cozinhar algo para alguém.
96. Distribuir abraços grátis.
97. Realizar o sonho de alguém.
98. Planejar uma surpresa para alguém que eu amo.
99. Enviar um care package.
100. Enviar cartões de Natal.

101. Guardar $10 pra cada meta atingida.

Animadíssima pra começar! Afinal, tem sensação melhor do que listar um monte de coisas pra fazer e depois sair riscando tudo o que já fez?

E você, gosta de listas desse tipo? Já se arriscou num projeto assim? Me conta algumas coisas que você colocaria na sua lista! 

Beijos.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Twitter * Bloglovin'

Olha, fazia tempo que eu não ficava tantos meses sem atualizar o blog, viu? Eu juro que tentei. Queria ter tido tempo pra deixar tudo registrado aqui, compartilhado cada minuto dessa loucura que foram os últimos meses. Mas cê não tem ideia da correria que foi, haha! Acho que essa é uma boa hora pr'eu casualmente mencionar que tô na Austrália, né? Pois é, então...

Um breve resumo de como isso aconteceu: Em 2010 eu fiz um intercâmbio pra Austrália pra terminar o Ensino Médio/ High School. Me apaixonei pelo país, pela cultura, pelas pessoas, por tudo. No final dessa que foi, quiçá, a melhor experiência da minha vida, eu só sabia que a minha história aqui não tinha chegado ao fim e que uma hora ou outra eu ia voltar. De volta no Brasil, fiz cursinho, fiz faculdade, me formei e, depois de muito perrengue e muita coisa dando errado, consegui. Coloquei minha vida em duas malas de menos de 32kg e voltei pra cá, pra fazer uma pós-graduação.

Claro que com o tempo eu vou contar tudo em mais detalhes. Que curso eu tô fazendo, onde eu tô morando, como é minha vida aqui... Mas por enquanto ainda não tenho uma rotina. Eu cheguei em Brisbane no dia 8 de fevereiro e tô ficando na casa de uma amiga da época do colégio, fora da cidade. Então esse mês eu aproveitei pra rever alguns amigos, mas também pra colocar muita coisa em ordem: comprar um chip pro celular, abrir conta no banco, procurar acomodação, me matricular nas matérias da universidade, etc. Semana que vem começam minhas aulas, então ainda não sei como vai ser pra atualizar o blog. Mas já tô feliz de ter arrumado um tempinho pra matar a saudade de postar aqui, haha! 

Infelizmente passou o timing dos posts de Natal e retrospectivas que eu tinha preparado com tanto carinho. Também não postei sobre os preparativos da viagem, as despedidas, o projeto fotográfico que eu fiz em janeiro homenageando o Rio. Até o aniversário de 1 ano do blog eu deixei passar, junto com o sorteio que eu tinha planejado fazer. Não vou nem comentar sobre todas as minhas coisas que ficaram no Brasil e que renderiam bons posts (sdds livros). Paciência. Outras oportunidades de postar sobre essas coisas virão :)

E não preciso nem falar da quantidade exorbitante de conteúdo que vem por aí, certo? Tô cheia de ideias de posts e  de novos projetos que tô tentando tirar do papel desde o ano passado... Vamos ver se agora vai. Não vou prometer frequência, mas prometo qualidade, hahaha! 

É isso. Esse post foi mais pra explicar o sumiço, mas eu ainda tenho tanto (tanto!) pra falar sobre os meses que passaram e mais ainda sobre os que estão por vir. Não deixe de visitar o blog pra saber das novidades e me segue no Snap ou no Instagram pra acompanhar a vida na Austrália em tempo real!

Um beijo e até logo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Twitter * Bloglovin'


Nessa viagem pros Estados Unidos eu aproveitei pra comprar várias coisas que estavam no topo da minha wishlist. Então esse ano tá complicado me dar presente, hahah! Pra não quebrar a tradição, resolvi fazer minha listinha de Natal. Só que dessa vez ela ficou bem resumida mesmo. Nada de aproveitar a época pra fazer uma lista gigante como eu fazia nos anos anteriores... Coloquei algumas coisas que eu tô realmente precisando e que vão ser úteis, mas também coloquei umas lembrancinhas. 

No final, presente é presente - não vou reclamar ;)

1. Converse All Star
Quem me conhece bem sabe que desde criança eu só uso esses tênis - sempre foram meus preferidos e já tive de tudo que é cor e modelo, haha! Há uns bons anos que não compro novos e os meus aqui já tão numa situação deplorável. Precisando ur-gen-te de um branco de couro! O vermelho também quero um igual ao que eu tenho, mas o preto queria mudar e gosto muito desse modelo com estrelinha do lado!

2. Charm Pendente Coração Brasileiro [Pandora]
Colecionar esses charms é um negócio viciante. E caro. Por isso mesmo só rola pedir/ comprar em ocasiões especiais, haha... Em 2017 eu vou fazer intercâmbio e quero muito levar um desse comigo ♥

3. Creme de Banho Lord of Misrule [Lush]
No ano passado fiz minha primeira compra na Lush (tem até um haul aqui no blog) e dentre os produtos que comprei estava o Lord of Misrule. Esse cheirinho é agora um dos meus preferidos da vida, sério. É tanto amor que eu quero muito uma versão maior dele, pra usar o ano inteiro!

4. Agenda 2017 Boas Novas (Grande) [Imaginarium]
Agenda é uma das coisas mais essenciais pras pessoas organizadas (eu mesma). Confesso que já começo a olhar agenda pro ano seguinte em outubro, HAHAH! Dei uma chegadinha na Imaginarium há um tempo e vi essa agenda por lá. A capa não é a mais bonita que vi até agora, mas o que me interessou mesmo foram as páginas! Tem calendário mensal e semanal, as páginas não têm data e têm várias seçõezinhas pra preencher. Curti muito e com certeza vou usar demais ano que vem, já que volto a estudar :)

5. Pijama [Hering]
Também tô precisando: pijamas bonitinhos de verão, desses de shortinho e camiseta. Esse é da Hering e tá cheio de outros modelos com quotes de viagem na loja, amei vários!

6. Pins & Patches
Tô querendo muito uns pra colocar na minha jaqueta jeans! Fora que é ótimo pra levar na viagem e lembrar de quem me deu - VIU MIGOS? Hahaha! Os dois pins aí em cima são da Ban.dö e os patches são da Pink Vanilla, Pat.Patches e Ziovara. Também tem uns lindos da Bendita na Void, mas não couberam na imagem. Fica a dica ;)

7. Travel Wallet
Cê não mede o tanto que isso teria facilitado a minha vida em viagens anteriores, haha! Quem sabe pra próxima? Hein, hein? Essa da imagem é da kikki.K, não tem aqui... Mas algo similar, pr'eu organizar passaporte, cartão de embarque, dinheiro e etc. tá ótimo.

8. Carteira
Minha carteira atual está se desintegrando (não é exagero). Também, pudera. Comprei há uns 2 anos e custou uns 60 reais... Não era nem pra ter durado isso tudo, haha! Preciso de uma nova, de preferência durável. A da Kipling é meramente ilustrativa, até porque nem sei se vendem esse modelo mais. Mas achei bonita e o modelo é ideal, cheia de espaços pra cartão e moedas.

9. Pôster Boas Novas [Imaginarium]
Um pôster gracinha pra decorar meu quarto novo no ano que vem :3

10. Daruma
Já que eu tô sem grana pra tatuar um daruma... Eu podia pelo menos ganhar um desses pra levar comigo, né?

Depois que terminei a lista é que eu lembrei que também tô precisando de uns produtos da M.A.C que eu uso no dia a dia e que tão acabando. Mas, ah! Fica pra próxima. E antes que você ache estranho... Não, nada de livros dessa vez. Eu tô com uma pilha enorme de livros e quadrinhos pra ler aqui e infelizmente não tem como levar quase nada na viagem :/

Então essa foi minha listinha de Natal! E você, do que tá precisando ou gostaria de ganhar esse ano? Were you naughty or nice?

Espero que sua árvore fique cheia de presentes :)
Um beijo.





P.S.: Me acompanhe nas redes sociais! Facebook * Instagram * Twitter * Bloglovin'